Facebook reponde crítica de operadora de telefonia ao WhatsApp

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Um militar acessando conteúdo do Facebook em um tablet.
Navegação Internet
Outras notícias sobre Internet

19 de janeiro de 2016

O Facebook, controlador do aplicativo de mensagens WhatsApp, resolveu responder a crítica feita pelo presidente da Telefônica Vivo, Amos Genish, alegando que o aplicativo era uma "operadora pirata". A crítica foi feita por Genish durante um evento da Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA) em agosto do ano passado.

A empresa alega que o serviço de mensagens necessita do serviço de acesso à internet oferecido pelas operadoras, e que eles são apenas para complementar os outros que já são fornecidos por elas. Assim, afirma o diretor de relações institucionais do Facebook, Bruno Magrani, o WhatsApp não teria que ter as mesmas regras que as operadoras, como argumenta o presidente da Telefônica Vivo.

A Telefônica Vivo, até o momento, não comentou os cometários feitos pelo Facebook. A empresa, após o bloqueio do WhatsApp no Brasil, também acabou bloqueando outros serviços de propriedade do Facebook, o que acabou sendo negado pela empresa.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati