FBI alerta sobre riscos do uso de Wi-Fi em hotéis

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

10 de outubro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Desde que a pandemia de coronavírus forçou a mudança para o trabalho remoto, muitas pessoas começaram a trabalhar não apenas em casa, mas também em locais públicos. O problema é que os espaços públicos podem não ter as medidas de segurança rigorosas necessárias para proteger os dados confidenciais. Isso se aplica a bibliotecas, cafés e até hotéis. O FBI emitiu um alerta sobre os riscos do uso de Wi-Fi.

As senhas das redes sem fio em muitos hotéis não são secretas e raramente são alteradas. Além disso, o hotel pode ter hardware e software de rede desatualizados com vulnerabilidades que os criminosos podem explorar facilmente.

Essa rede pública é um alvo atraente para os cibercriminosos, que podem monitorar a atividade da vítima na internet ou redirecioná-la para páginas de phishing. Os invasores podem até implantar sua própria rede maliciosa usando um nome semelhante ao nome da rede de hotéis. Os visitantes se conectam por engano a uma rede maliciosa que dá ao invasor acesso direto a seus dispositivos e dados.

Uma vez comprometidos, os hackers podem penetrar na rede corporativa da vítima e obter acesso a dados confidenciais e baixar malware.

Fontes

ru ФБР предупредило о рисках использования Wi-Fi в гостиницах — SecurityLab, 10 de outubro de 2020.

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit