EUA pede cuidado nas negociações com a Rússia e China

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

11 de setembro de 2020

Os opacos acordos políticos e comerciais da Rússia e da China com a América Latina e o Caribe ameaçam desestabilizar o Hemisfério Ocidental, disse o vice-chefe do Comando Sul dos EUA, Michael Plain.

O oficial disse que a crescente participação da Rússia e da China nos assuntos da região pode ter consequências negativas. Ele até comparou as ações de ambos países com o comportamento de organizações criminosas transnacionais.

“Eu gostaria de enfatizar que os Estados Unidos têm enormes benefícios de segurança com um Hemisfério Ocidental pacífico, estável e seguro”, disse Plehn. “Mas se falamos sobre a competição de grandes potências, então a China e a Rússia não valorizam o que nossas democracias ocidentais valorizam. Eles não valorizam os princípios que valorizamos e que defendemos firmemente com nossos parceiros”.

“Eles, China e Rússia, prosperam da mesma forma que as organizações criminosas transnacionais — em decisões políticas e comerciais opacas. E eles usam isso a seu favor”, continuou ele.

A Rússia tem laços de longa data com Cuba, Venezuela e Nicarágua.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com