EUA condenam proposta russa de fornecer assistência militar à Bielorrússia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

18 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Os líderes do Comitê de Relações Exteriores da Câmara dos Representantes condenaram a oferta do presidente russo, Vladimir Putin, de fornecer assistência militar à Bielorrússia em meio a protestos contra os resultados da eleição presidencial.

“Somos solidários com o povo da Bielorrússia, que continua a exercer o seu direito de protestar e a exigir a formação de um país mais livre e democrático. Suas vozes devem ser ouvidas”, disse o congressista republicano Michael McCall e o democrata Eliot Engel, presidente do comitê.

“Enquanto o Kremlin tenta minar a soberania e independência de outro país europeu, condenamos veementemente a oferta imprudente do presidente russo, Vladimir Putin, de fornecer assistência militar ao regime de Aleksandr Lukashenko”, acrescentaram.

Os legisladores pediram ao governo do presidente Donald Trump "que continue rejeitando a agressão de Moscou e trabalhe com os aliados europeus para apoiar o povo bielorrusso".

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com