Covid-19: no Brasil, ministério da Saúde autoriza retomada de vacinação de adolescentes

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

23 de setembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O ministério da Saúde autorizou ontem a retomada da vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos contra a covid-19. A pasta havia cancelado a imunização na semana passada, após uma adolescente ter morrido em São Paulo depois de ter sido vacinada. No entanto, após investigações, descobriu-se que o óbito não tinha relação com a vacina aplicada.

A nova determinação foi publicada ontem à noite numa Nota Técnica e o cancelamento havia sido criticado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e a Confederação Nacional de Municípios (CNM), que na semana passada emitiram notas onde expressaram preocupação.

A vacinação deve seguir uma ordem de prioridades, reiterou o ministério, começando pelas adolescentes grávidas, puérperas e lactantes, passando por adolescentes com deficiência permanente e com comorbidades, seguindo depois com os jovens privados de liberdade. Só após estes grupos terem recebido ao menos uma dose da vacina da Pfizer - única liberada pela Anvisa para este público - os demais jovens de 12 a 17 anos começarão seu plano vacinal de duas doses.

Notícias Relacionadas

Fontes


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit