Brasil: Adolescentes de 12 a 17 anos serão vacinados contra COVID-19, anunciam Ministério da Saúde e conselhos de secretários

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

28 de julho de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Brasil vacinará adolescentes entre 12 e 17 anos de idade contra covid-19 após aplicar pelo menos uma dose em toda a população de 18 anos ou mais. A informação consta de comunicado assinado pelo Ministério da Saúde, Conss (Comissão Representativa da Secretaria Estadual de Saúde) e Conasems (Secretarias Municipais da Saúde) e divulgado nesta terça-feira.

Será dada prioridade a adolescentes com comorbidades e o presidente do Conass, Carlos Lula, estimou que a primeira dose da vacina será fornecida a todos os brasileiros adultos num prazo de três a cinco semanas, entre o final de agosto e setembro.

Ainda não foi informado quais imunizantes os jovens receberão, mas em junho a Pfizer foi autorizada pela Anvisa para uso e jovens com mais de 12 anos.

Algumas cidades brasileiras, como Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, Niterói, no Rio de Janeiro, e Guajará-Mirim, em Rondônia, já começaram a vacinar os jovens. O comunicado desta terça-feira informou que estados e municípios devem cumprir rigorosamente o plano nacional de imunização "sob pena de responsabilização futura".

Segundo dados divulgados pelo Consórcio dos veículos de imprensa às 20h da noite de terça-feira, em todos os estados e distritos federais a primeira dose havia sido aplicada em 45,96% da população. Mais de 18% da população brasileira completou o esquema vacinal, com duas ou uma vacina de dose única.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit