Covid-19: atriz Nicette Bruno morre aos 87 anos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

20 de dezembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A atriz global Nicette Bruno, de 87 anos, morreu hoje no final da manhã no Rio por conta de complicações decorrentes da Covid-19. Ela estava internada desde o final de novembro passado e no dia 1º de dezembro precisou ser intubada devido o agravamento da doença.

Sua filha Beth Goulart, também atriz, que publicava atualizações constantes em seu Instagram e pedia orações para a mãe, ontem havia postado um vídeo na rede social falando que Nicete havia tido uma pequena melhora. "Deus, cuida da minha mãe", terminou.

Hoje, também em seu Instagram, ela postou: "minha mãe, minha vida, meu amor".

Nicete foi casada, por muitos anos, com o também ator global Paulo Goulart, falecido em 2014, com quem além de Beth teve os filhos Bárbara e Paulo Goulart Filho.

Carreira

Nicette realizou sua estreia profissional em 1945, na peça teatral Romeu e Julieta, baseada na obra literária homônima de William Shakespeare.

Seus trabalhos na televisão incluem Rosa dos Ventos (1973), Éramos Seis (1977), Selva de Pedra (1986), Bebê a Bordo (1988), Rainha da Sucata (1990), Mulheres de Areia (1993), A Próxima Vítima (1995), Sítio do Picapau Amarelo (2001–04), Alma Gêmea (2005), Sete Pecados (2007), A Vida da Gente (2011), entre outras.

Nicete é considerada uma das pioneiras da televisão brasileira e uma das referências na história da teledramaturgia do país.

Idosos: grupo de risco para complicações da Covid-19

Os idosos, pessoas acima de 65 anos de idade, estão entre os grupos de risco para a Covid-19. Em agosto, quando o Brasil passou de 100 mil mortes, segundo a Sociedade Brasileira de Geriatria, 75% das vítimas eram pessoas idosas.

Segundo o médico Dráuzio Varella, o motivo da morte de mais pessoas desta faixa etária é porque o sistema imunológico do organismo costuma envelhecer junto com o corpo, ficando mais frágil. Como não há medicamento para tratar a Covid, o paciente só depende de seu sistema imunológico, o que faz com que os idosos tenham mais chances de ter complicações com a inflamação causada pelo Sars-Cov-2.

Referência

Notícia Relacionada

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit