Covid-19: Anvisa interrompe os estudos clínicos da vacina CoronaVac

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

10 de novembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Um evento adverso grave levou a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) a determinar a interrupção o estudo com a vacina CoronaVac no Brasil.

Com a interrupção, nenhum novo voluntário poderá ser vacinado antes da Agência avaliar os dados observados até o momento e julgar o risco-benefício da continuidade do estudo.

O evento aconteceu no dia 29 de outubro passado e a Agência não informou do que, exatamente, se trata, apesar de reportar em seu website que são considerados eventos graves: óbito; evento adverso potencialmente fatal (aquele que, na opinião do notificante, coloca o indivíduo sob risco imediato de morte devido ao evento adverso ocorrido); o que causa incapacidade/invalidez persistente ou significativa; o que exige internação hospitalar do paciente ou prolonga a internação; que causa anomalia congênita ou defeito de nascimento; o que levanta qualquer suspeita de transmissão de agente infeccioso por meio de um dispositivo médico e evento clinicamente significante.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit