Cometa mais brilhante em sete anos se aproxima da Terra

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

23 de julho de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O recém-descoberto cometa C/2020 F3 (NEOWISE) na quinta-feira, 23 de julho, se aproximará da Terra a uma distância mínima de 103,52 milhões de quilômetros.

O Planetário de Moscou observou que o brilho do cometa já começou a desaparecer. Agora é mais fácil observar o corpo celeste, porque as noites são mais escuras do que durante o período de brilho máximo do NEOWISE.

A visibilidade e o brilho do cometa dependem da distância do Sol. Foi melhor visto no periélio (quando o cometa está a uma distância mínima do Sol, em 3 de julho). O cometa se aproximará da Terra em 23 de julho, mas se afastará do Sol.

"Seu brilho e tamanho diminuirão, mas por mais algumas semanas será possível observá-lo no nordeste, não muito acima do horizonte, com um céu claro", disse Faina Rubleva, diretora científica do Planetário de Moscou.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com