COVID-19: Creative Commons lidera projeto para divulgar informações

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

28 de agosto de 2020

Logo do Open COVID Pledge

A organização Creative Commons (CC) anunciou ontem que assumiu a liderança e a administração do Open COVID Pledge.

No início deste ano, a CC uniu forças com um grupo internacional de pesquisadores, cientistas, acadêmicos e advogados para acelerar o desenvolvimento de diagnósticos, vacinas, terapias, equipamentos médicos e soluções de software que podem ser usados ​​para auxiliar na luta contra a COVID- 19. O resultado foi o Open COVID Pledge, um projeto que oferece uma maneira simples para universidades, empresas e outros colocarem suas patentes e direitos autorais à disposição do público para serem utilizados durante a atual crise de saúde pública.

Os usuários de licenças CC estarão familiarizados com a abordagem do Open COVID Pledge. Assim como as licenças CC, o Open COVID Pledge oferece licenças públicas padrão e gratuitas que qualquer pessoa pode usar, a fim de remover obstáculos desnecessários à disseminação do conhecimento.

Amazon, Facebook, Fujitsu, Hewlett Packard Enterprise, IBM, Intel, Microsoft, NASA JPL, Sandia National Laboratories e Uber estão entre as dezenas de empresas e instituições que usaram o Open COVID Pledge para tornar suas patentes e direitos autorais abertos ao público em apoio à soluções para a pandemia. À medida que a CC assume esse novo papel de liderança no projeto, é estimulada pelo potencial de expandir seu escopo, alcance e impacto internacionais.

A CC continuará trabalhando com grandes empresas para desbloquear seus direitos de propriedade intelectual (PI) na busca por salvar vidas, mas também pretende formar equipes com startups menores, universidades e até mesmo inovadores individuais - especialmente em partes do mundo que não são bem representadas pela lista atual de promotores e apoiadores do projeto e que detêm patentes e outros PIs essenciais para o luta contra a COVID. A CC busca esse objetivo colaborando com membros da comunidade mundial, incluindo organizações internacionais que trabalham com direitos autorais e políticas de PI, como a OMS e outros órgãos da ONU.

A CC também aproveitará seu relacionamento com a Creative Commons Global Network para expandir o projeto, pois acredita que esta iniciativa terá um impacto profundo que vai além da pandemia de COVID-19, pois o conjunto comum de valores, ferramentas e princípios para o uso responsável da PI em benefício do interesse público formado durante esta crise específica pode e deve ser usado como um modelo para lidar com outras crises, como as mudanças climáticas.

Empresas, universidades ou pesquisadores que quiserem conhecer e participar do projeto, devem acessar o site https://opencovidpledge.org/.


Fonte

Nota: Conforme o Creative Commons em seu rodapé, "exceto onde indicado de outra forma, o conteúdo deste site está licenciado sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional", que permite "copiar e redistribui o material para qualquer finalidade, mesmo comercialmente".


Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com