Austrália: lockdown de Vitória prorrogado por uma semana

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

21 de julho de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
Mildura, Vitória, Austrália, registrou seu primeiro caso de COVID-19 em 15 meses no domingo.
Imagem: Mattinbgn.

Ontem, com 85 casos ativos de COVID-19 no estado de Vitória na Austrália, Daniel Andrews estendeu o atual lockdown por uma semana, até 27 de julho às 11h59 (01h59 UTC).

Desde que um flexibilização de cinco dias foi anunciado pela primeira vez na última quinta-feira, casos foram registrados em áreas de Vitória. Notavelmente, o caso de COVID-19 de Mildura, que foi registrado no domingo, é o primeiro em 15 meses. Treze novos casos de coronavírus foram registrados em Vitória no fim-de-semana.

As autorizações de viagem para entrada em Vitória estão temporariamente pausadas. Andrews disse que embora essa decisão "causasse um verdadeiro desafio para muitas pessoas", ele justificou essa decisão dizendo que "as coisas são muito instáveis ​​— muito incertas e francamente fora de controle do ponto de vista do vírus em Sydney".

O ministro da saúde do estado, Martin Foley, afirmou: "Milhares de vitorianos voltaram de New South Wales nas últimas semanas, mas com a escalada da situação, as recentes incursões e o aumento da infecciosidade da variante Delta, devemos agir para proteger Vitória e pausar temporariamente as licenças".

As restrições permanecem as mesmas desde o anúncio inicial de quinta-feira. De acordo com os regulamentos, existem apenas cinco motivos para sair de casa: comprar comida; exercício; cuidado de saúde; trabalho ou educação, se não for possível de casa; e ser vacinado contra COVID-19. No exercício, as pessoas não podem se distanciar mais do que 5 km de casa e no máximo duas horas. A vacinação deve ser administrada no local mais próximo possível. As máscaras faciais permanecem obrigatórias em ambientes externos e internos, exceto em casa.

Um comunicado de imprensa diz que a variante Delta está se movendo "mais rápido do que qualquer coisa que os especialistas em saúde pública de Vitória já viram antes. Precisamos limitar o movimento por um longo período de tempo". O comunicado também registrou mais de 15 mil contatos com infectados, mais de 250 locais de exposição em todo o estado e os números de casos diários estão em dois dígitos.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit