Advogado da família do jornalista Jamal Khashoggi: "veredito é justo"

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

9 de setembro de 2020

O advogado da família do jornalista assassinado Jamal Khashoggi disse na segunda-feira que o veredito do tribunal saudita foi justo.

Lembre-se que na segunda-feira, um tribunal da Arábia Saudita condenou oito pessoas à prisão pelo assassinato de Jamal Khashoggi no consulado em 2018. Cinco foram condenadas a 20 anos de prisão.

Khashoggi, que morava nos Estados Unidos, foi ao consulado para obter os documentos necessários ao casamento com sua noiva turca.

O jornalista criticou abertamente o príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman. Os nomes dos réus no caso não foram divulgados.

Em um estágio anterior do julgamento, a Arábia Saudita condenou cinco dos acusados ​​à morte, mas a família Khashoggi disse ter perdoado seus assassinos, o que permitiu que a sentença de morte fosse anulada.

Muitos, incluindo a noiva de Khashoggi, condenaram o ritmo lento do julgamento.

A Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos concluiu com "confiança média a alta" que o assassinato foi ordenado pelo príncipe Mohammed. O príncipe herdeiro nega qualquer envolvimento.

Os restos mortais de Khashoggi nunca foram encontrados. Promotores na Turquia e na Arábia Saudita afirmam que agentes sauditas desmembraram seu corpo após o assassinato.

Fontes

Ligação a um site em russo Адвокат семьи журналиста Джамаля Хашогги: «вердикт суда справедлив»VOA, 9 de setembro de 2020

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com