Édouard Philippe torna-se prefeito de Le Havre

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 de julho de 2020

O ex-primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, que renunciou na sexta-feira, se tornou prefeito da cidade de Le Havre neste domingo, durante a eleição municipal. Segundo ele, o seu mandato será conduzido “pela profunda convicção de que faremos o melhor que pudermos”.

Philippe governou a mesma cidade entre 2010 e 2017, antes de se tornar o primeiro-ministro de Emmanuel Macron. Dos 59 votos, obteve 47, contra 12 do seu oponente, o deputado comunista Jean-Paul Lecoq. No segundo turno de 28 de junho, ele ficou em primeiro lugar com 58,83% dos votos.

Durante um discurso no conselho municipal, Philippe disse que “hoje sinto a mesma emoção que em 2001. Posso dizer, como muitos de meus colegas prefeitos que foram confiados essa responsabilidade, é a chance de exercer o mais belo mandato que a República pode oferecer. O fato de fazê-lo na cidade que amamos cria um vínculo com coisas, pessoas, projetos. E tudo isso cria uma densidade humana que os envolvidos conhecem, mas aqueles que assistem não necessariamente entendem”.

Notícia relacionada

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com