Zelenski diz que a segunda onda de COVID-19 começou na Ucrânia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

25 de setembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Na quinta-feira (24), o presidente ucraniano Volodymyr Zelenski anunciou que o país enfrenta uma segunda onda de COVID-19. A declaração foi feita durante um briefing em Bratislava.

“O número de pacientes está crescendo, então não permitiremos entrada de estrangeiros. Acho que é a decisão certa. Tínhamos isso quando iniciamos a primeira onda — conseguimos parar”, disse Zelenski.

Segundo o presidente, assim que a situação de morbidade na Ucrânia se estabilizar, "as fronteiras serão abertas para os cidadãos estrangeiros".

”Hoje temos três mil pacientes por dia. Infelizmente, esta é a segunda onda na Ucrânia. Não podemos arriscar ucranianos e cidadãos de outros países que chegam à Ucrânia”, acrescentou.

Lembraremos, anteriormente, o médico sanitarista chefe Viktor Lyashko disse que a Ucrânia pode entrar em quarentena total no início de 25 de outubro ou mais tarde, tudo depende da taxa de disseminação da COVID-19.

Fontes

ru Зеленский заявил, что в Украине началась вторая волна коронавируса — RegioNews, 25 de setembro de 2020.

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit