YouTube retira 30 mil vídeos por pedido de entidade japonesa

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

20 de outubro de 2006

O site de compartilhamento de vídeos, YouTube, retirou cerca de 30 mil vídeos de programas de televisão que infringiam direitos autorais atendendo a reclamações de uma entidade de defesa dos direitos autorais no Japão, que coleta royalties a músicos, informout a entidade no dia 20/10/06.

A Sociedade Japonesa de Direitos de Autores, Compositores e Editoras (JASRAC, na sigla em inglês), que coleta pagamento de royalties a músicos, enviou para o YouTube uma lista com 29.549 arquivos que teriam infringido os direitos autorais de 23 empresas de conteúdo japonesas, informou Massato Oikawa, porta-voz da organização em Tóquio.

Os vídeos, em sua maioria relacionados a programas musicais e de entretenimento de TV, foram descobertos durante uma auditoria de cinco dias feita pela JASRAC no YouTube, informou Oikawa.

JASRAC[editar]

Dentre as 23 companhias da JASRAC estão as maiores emissoras de TV do Japão, a rede pública de televisão Nippon Hoso Kyokai (NHK), a Associação da Indústria Fonográfica do Japão (RIAJ, na sigla em inglês) e a subsidiária do Yahoo!.

O YouTube no Japão[editar]

O YouTube é bastante popular no Japão. De dezembro de 2005 a março deste ano, o número de mensal de usuários no país cresceu de 201 mil para 2,01 milhões, segundo estimativas divulgadas pela NetRatings, em abril.

Ver também[editar]

Fontes[editar]