Venezuela deve anunciar novo embaixador na Colômbia nos próximo dias

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

11 de março de 2008

Depois de reatar as relações diplomáticas com o governo colombiano, a Venezuela anunciou que vai designar em breve um novo embaixador para atuar na Colômbia. A relação entres os países estava estremecida desde que a morte de guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) no Equador foi atribuída a ações do exército colombiano.

“Nos próximos dias vamos tornar pública a designação de um novo embaixador ou embaixadora. Em momento oportuno, o presidente Hugo Chávez fará o anúncio, apesar, de em termos gerais, o pessoal que vem trabalhando na embaixada continuar com suas atividades normais”, afirmou o ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Nicolás Maduro Moros. As informações foram divulgadas pela Agência Bolivariana de Notícias.

Sobre a tensão criada na fronteira entre os países, o ministro garantiu que desde a última sexta-feira (7), quando houve encontro de chefes de Estado latino-americanos na República Dominicana, as relações entre os países foi normalizada.

"Temos regularizado com rapidez nossa presença diplomática, toda a área fronteiriça, todo o comércio”, afirmou, antes de anunciar que as tropas deslocadas para fronteira com a Colômbia voltariam para o local de origem. No início do mês, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, mobilizou o exército nos limites do país com a Colômbia e determinou o fechamento da embaixada em Bogotá. As ações ocorreram após a morte de Raúl Reyes, um dos líderes das Farc, em território equatoriano. Apontado como violação de soberania, o ato, segundo Chávez, poderia indicar o início de um conflito armado no continente.


Fontes