Vendas de armas nos EUA quase dobram

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

28 de julho de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A venda de armas nos Estados Unidos no primeiro semestre aumentou 95%, enquanto as vendas de munição subiu 139% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Nos primeiros seis meses deste ano, o sistema varejista do país registrou um recorde de 10,3 milhões de vendas de armas de fogo. O crescimento nas vendas de munição foi relatado por 92% dos varejistas, enquanto as vendas de armas de fogo aumentaram 87%.

O estudo observa que os homens brancos representam mais da metade (55,8%) dos compradores de armas e munições. Mulheres brancas 16,6%, homens negros 9,3%, mulheres negras 5,4%, homens hispânicos 6,9%, mulheres hispânicas 2,2%, homens asiáticos 3,1% e mulheres asiáticas 0,7%.

"O maior aumento nas vendas veio de homens e mulheres negros, que representaram 58,2% nos primeiros seis meses de 2020 em comparação com o mesmo período do ano passado", disse Jim Kurkuruto, diretor de pesquisa e desenvolvimento da NSF.

Homens e mulheres brancos ficaram em segundo lugar em termos de crescimento do interesse em armas e munições (51,9%), seguidos por homens e mulheres hispânicos (49,4%), seguidos por homens e mulheres asiáticos (42,9%).

"A questão é que nunca houve um aumento tão sustentado nas vendas que estamos vendo agora", acrescentou Kurkuruto.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit