Universidad de Chile é coroado campeão da Copa Sul-Americana 2011

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pictograma representando o futebol
Outras notícias sobre futebol


16 de dezembro de 2011

Santiago, Chile — Muitos fãs de "U" (como é chamada os torcedores da Universidad de Chile) teve "dedo feito" (passeio pedido) para poder chegar, agitando as bandeiras azuis, cantando canções e sendo respondidos por numerosos veículos que tocavam a buzina para eles; outros tomaram locomoção pública, em distintos ônibus(PT-BR) ou autocarros(PT-PT) ou machimbombo(PT-AN e PT-MO) ou toca-toca e otocarro(PT-GB) e meio de transporte, desde as distintas cidades e regiões do país, para chegar ao Estadio Nacional de Chile, que abriu suas portas ao redor das 5 da tarde de quarta-feira, 14 de Dezembro.

A partida começou em estádio cheio, aproximadamente às 21:10 (hora local). Logo do começado encontro, aos 3 minutos do jogo, Eduardo Vargas abriu o placar para o Universidad de Chile, com potente disparo de pé esquerdo poderoso para o alpendre equadoriano. No minuto 79, Lorenzetti marcou para deixar o marcador 2 a 0(PT-BR) ou 2-0(PT-PT) e fazer que a "U" está ponto de colocar-se a coroação de campeão. Logo, no minuto 87, E. Vargas consegue 3 a 0(PT-BR) ou 3-0(PT-PT) para a "U", alcançando-se a vitória para a equipe(PT-BR) ou equipa(PT-PT) azul e fazendo(PT-BR) ou a fazer(PT-PT) um credor da Copa Sul-Americana 2011.

Embora é certo que Liga do Quito conseguiu alguns bons jogos e um par de ocasiões de gol(PT-BR) ou golo,(PT-PT) não tranquilizou o goleiro(PT-BR) ou guarda-redes(PT-PT) Herrera da "U" e tiveram que se render diante a equipe de "azul" do DT Jorge Sampaoli, que teve pelo menos 8 ocasiões de gol(o)s durante o encontro.

Depois de 84 anos, a "U" conseguiu seu primeiro título internacional com um contudente triunfo por 3 a 0 (3-0) sobre Liga de Quito do Equador. Com isso, a "U" conseguiu acumular 34 partidas oficiais invictas e 88% de rendimento, com nove vitórias e dois empates.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati