União Europeia abre investigação antitruste contra o Google

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

Agência VOA

22 de junho de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A União Europeia anunciou na terça-feira que está investigando mais uma vez o Google pelo que poderiam ser atividades anticompetitivas na publicidade digital. A investigação tentará determinar se o Google está prejudicando os concorrentes, restringindo o acesso de terceiros aos dados dos usuários que poderiam direcionar melhor a publicidade.

"Estamos preocupados que o Google tenha tornado mais difícil para os serviços de publicidade on-line rivais competirem pela tecnologia de anúncios", disse a Comissária Europeia de Concorrência, Margrethe Vestager, em uma declaração.

O Google disse que iria cooperar na investigação.

"Milhares de empresas europeias usam nossos produtos de publicidade para alcançar novos clientes e financiar seus sites todos os dias. Eles os escolhem porque são competitivos e eficazes", disse um porta-voz do Google.

A União Europeia multou o Google em mais de US$ 9,5 bilhões durante a última década por restringir terceiros em compras on-line, telefones Android e publicidade on-line. No ano passado, os anúncios online geraram US$ 147 bilhões em receita para a empresa americana.

O negócio de anúncios do Google também está sendo examinado nos EUA, onde vários estados e o Departamento de Justiça dos EUA estão processando a empresa por suposto comportamento anticompetitivo.

Notícia Relacionada

Fontes