Tiroteio em Thalys: massacre evitado na França

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O trem/combóio Thalys.

22 de agosto de 2015

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Um homem feriu três pessoas a bordo de um comboio/trem internacional na Bélgica, pouco antes de passar a fronteira francesa. Primeiro-ministro belga, Charles Michel, chamou o ato de "ataque terrorista" a secção anti-terrorista da procuradoria de Paris e assumiu a investigação.

Dois soldados dos EUA, Spencer Stone e Alek Skarlatos presentes a bordo do combóio/trem em particular, ouviu a arma que está a carregar no vaso sanitário. Com a ajuda de Anthony Sadler, um amigo que viajava com eles, eles dominaram o homem quando ele saiu do banheiro.

O homem, um marroquino de 26 anos de acordo com informações preliminares, foi preso na estação de Arras (Pas-de-Calais, norte da França), onde o trem de Amsterdã para Paris foi desviado.

O ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve, viajou para Arras após o incidente. Ele conheceu passageiros do comboio, que o ator francês Jean-Hugues Anglade, que seria ferido com vidro, acionando o alarme. O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, também expressou sua gratidão aos dois fuzileiros.

Eu desejo (...) para expressar esses dois passageiros americanos que estavam particularmente corajoso, que têm demonstrado grande coragem em circunstâncias extremamente difíceis, a nossa gratidão e nosso apreço e admiração pelo compostura eles testificado e sem o qual pode ter enfrentado um drama terrível.

Bernard Cazeneuve, ministro do Interior francês

Foi anunciado que o suspeito tinha facas, um rifle Kalashnikov e uma pistola. A imprensa relata que ele era conhecido pelos serviços de inteligência. O operador SNCF disse que 550 passageiros estavam a bordo do trem.

A secção anti-terrorista da procuradoria de Paris assumiu a investigação "dadas as armas usadas, o lugar dos fatos e contexto".

Notícia Relacionada

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit