Telefones da Transsion roubam dinheiro de seus proprietários

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

25 de agosto de 2020

Um dos maiores fabricantes chineses de smartphones baratos, Transsion Holdings, é suspeito de pré-instalar malware que rouba dados pessoais, exibe anúncios e inscreve usuários em serviços pagos sem permissão.

Os usuários começaram a reclamar do smartphone Tecno W2. O dispositivo começou a exibir anúncios no topo das janelas do aplicativo, incluindo mensageiros instantâneos e até mesmo durante chamadas de voz. Além disso, os proprietários dos dispositivos notaram a perda de dinheiro. O maior número de reclamações veio de Gana, Egito, Camarões, Indonésia, Mianmar e Etiópia.

Especialistas realizaram análises nos dispositivos e descobriram que eles vêm com malware embutido, baixando aplicativos de terceiros em segundo plano. Você não pode removê-lo, pois faz parte do firmware. Até o momento, um total de 19,2 milhões de transações suspeitas foram registradas.

A Transsion está ciente da situação atual. De acordo com um porta-voz da empresa, os smartphones não são fabricados com malware pré-instalado — aplicativos fraudulentos aparecem devido a "um fabricante não identificado na cadeia de componentes".

A Transsion lançou patches em março de 2018 e no final de 2019. A distribuição de atualizações de segurança é complicada pelo fato de que os usuários precisam instalá-los manualmente.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com