Suspeitos de ajudar autor de atentado em Copenhague são formalmente acusados

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

16 de fevereiro de 2015

Dinamarca

A polícia confirmou hoje (16) que os dois homens detidos por suspeita de terem ajudado o autor dos ataques do fim de semana em Copenhague foram formalmente acusados de cumplicidade, noticiou a Agência France Presse. “Os dois homens foram formalmente acusados de cumplicidade”, disse à agência um porta-voz da polícia, Steen Hansen.

Segundo informou a polícia anteriormente, os dois homens, detidos no domingo (15) de manhã, são suspeitos de ter “ajudado com palavras e com atos” o autor dos ataques contra um centro cultural em Krudttonden e uma sinagoga em Krystalgade, em que duas pessoas foram mortas e cinco ficaram feridas.

A polícia não divulgou as identidades nem do suspeito dos ataques nem dos dois acusados de serem cúmplices. Segundo a imprensa dinamarquesa, o autor dos ataques é Omar El Hussein. No sábado (14), o suspeito disparou dezenas de tiros contra um centro cultural onde se realizava um debate sobre islamismo e liberdade de expressão, matando um cineasta de 55 anos e ferindo três policiais. Oito horas mais tarde, o suspeito atacou uma sinagoga no centro de Copenhague, matando um jovem judeu. O suposto autor dos ataques foi morto pela polícia no domingo.

Notícias Relacionadas

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati