Sergipe vai iniciar vacinação das forças de segurança e salvamento

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 de abril de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), realizou nesta segunda-feira (05), reunião virtual com os comandos das forças de segurança e salvamento de Sergipe e Forças Armadas. O objetivo foi alinhar a operacionalização das ações de imunização contra a Covid-19 dos profissionais da área que estão atuando diretamente nas ações de enfrentamento à pandemia e assegurar a identificação correta desse público. A vacinação terá início ainda nesta semana.

A secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitosa, que coordenou a reunião, reconheceu os esforços desses profissionais para enfrentamento da pandemia. “O Ministério da Saúde enviou, nessa remessa, apenas 6% para iniciar a imunização desse grupo prioritário. Sergipe irá triplicar. Estamos ofertando 1.500 doses de vacinas contra a Covid-19, nesse momento, para atender maior número de profissionais. E entendendo que temos quantitativo reduzido, são os comandos que realmente conhecem a necessidade e quem está diretamente envolvido nas ações de enfrentamento, para ser contemplado nesse início. É preciso definir a prioridade da prioridade”, pontuou Mércia Feitosa.

De acordo com nota técnica do governo federal, o Ministério da Saúde enviará doses, de maneira escalonada e proporcional, neste momento, para a vacinação dos seguintes profissionais, ordenados por prioridade: trabalhadores envolvidos no atendimento e/ou transporte de pacientes; trabalhadores envolvidos em resgates e atendimento pré-hospitalar; trabalhadores envolvidos diretamente nas ações de vacinação contra a covid-19; trabalhadores envolvidos nas ações de vigilância das medidas de distanciamento social, com contato direto e constante com o público, independente da categoria.

Ficou pactuado que a identificação dos profissionais, levando em conta a função que cada agente exerce para o combate à pandemia, ocorrerá em articulação com os comandantes do grupo-alvo. A orientação é que os agentes apresentem, ao município, um documento declaratório que comprove a sua atividade na linha de frente para receber a vacina.

Os demais trabalhadores das forças de segurança e salvamento de Sergipe que não se enquadrarem em atividades da linha de frente deverão ser vacinados de acordo com o andamento da campanha nacional de vacinação contra a Covid-19.

Participaram da reunião de pactuação das ações de imunização: Waneska Barbosa, secretária de Saúde de Aracaju; delegado Alex Raniery, superintendente da Polícia Federal/SE; coronel Marco Aurélio Magalhães, comandante do 28BC; Flávio Vasconcelos, superintendente da Polícia Rodoviária Federal/SE; Luís Fernando, secretário de Defesa Social e da Cidadania de Aracaju; coronel Marcony Cabral, comandante geral da Polícia Militar/SE; Thiago Leandro, delegado geral da Polícia Civil/SE; entre outros.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit