Secretária do Tesouro dos EUA se encontra com primeiro-ministro da China

Fonte: Wikinotícias

7 de julho de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, manteve conversas "sinceras e construtivas" na sexta-feira com o primeiro-ministro da China, Li Qiang, em Pequim.

Uma declaração do Departamento do Tesouro disse que Yellen “discutiu o desejo do governo de buscar uma competição econômica saudável com a China que beneficie ambas as economias, incluindo trabalhadores e empresas americanas”.

Ela também enfatizou a comunicação estreita sobre “questões macroeconômicas e financeiras globais e o trabalho conjunto em desafios globais, incluindo sobre endividamento em economias emergentes e de baixa renda e financiamento climático”.

O Ministério das Relações Exteriores da China divulgou um comunicado dizendo que o primeiro-ministro observou que os interesses econômicos dos EUA e da China estão intimamente interligados e que o desenvolvimento da China é uma oportunidade e não um desafio para os Estados Unidos. Pequim disse que Yellen afirmou durante as negociações que os EUA “não buscam 'desvinculação e desconexão' e não têm intenção de impedir o processo de modernização da China”.

O Ministério das Relações Exteriores disse: “A China e os Estados Unidos devem fortalecer a coordenação e a cooperação, unir as mãos para enfrentar os desafios globais e promover o desenvolvimento comum”.

A secretária do Tesouro dos EUA iniciou uma visita de quatro dias à China na sexta-feira. Os dois países estão em tensões frequentemente, principalmente sobre a autonomia de Taiwan.

O Ministério das Relações Exteriores da China disse em seu comunicado: “os dois lados devem fortalecer a comunicação e buscar consenso sobre questões importantes no campo econômico bilateral por meio de trocas francas, profundas e pragmáticas”.

Yellen chegou a Pequim na quinta-feira e twittou: O presidente dos EUA, Joe Biden, “encarregou seu governo de aprofundar a comunicação entre nossos dois países sobre uma série de questões, e estou ansiosa para fazê-lo durante minha visita”.

Notícias relacionadas

Fontes