STF autoriza extradição de Abadía para os Estados Unidos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

13 de março de 2008

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu na tarde de hoje (13), por unanimidade, pela extradição para os Estados Unidos do traficante colombiano Juan Carlos Ramírez Abadía, preso desde agosto de 2007 pela Polícia Federal. O pedido de extradição do colombiano foi feito pelo governo americano no dia 18 de outubro de 2007, dentro do prazo estipulado no tratado de extradição firmado entre os dois países.

A extradição foi condicionada a que a Justiça norte-americana aplique ao traficante a pena máxima de 30 anos de prisão – e não as penas de prisão perpétua ou de morte permitidas pela legislação daquele país.

O governo brasileiro, por meio do Ministério da Justiça,acertará com a Justiça dos Estados Unidos as condições decididas pelo STF e possibilitar a assinatura do acordo de extradição, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Se a Justiça norte-americana não aceitar os termos da extradição, Abadía permanecerá no Brasil e será submetido às leis punitivas brasileiras.


Fontes