SBT enfrenta processo e baixa audiência da novela “Dona Beija”

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

5 de maio de 2009

Desde que o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), do proprietário Silvio Santos, começou a exibir a novela Dona Beija, a emissora que esperava ter ótima audiência da novela exibida na Rede Manchete (hoje RedeTV!) em 1986, em 6 de abril, está encontrando dificuldades: primeiro a audiência e segundo o processo que a atriz Maitê Proença anunciou no dia 15 de abril, que vai mover ação jurídica contra o SBT, sob alegação que não foi comunicada antes da exibição e o direito de imagem. O folhetim de época foi protagonizado por Maitê Proença e Gracindo Junior.

Maitê Proença, protagonista de Dona Beija, garantiu à imprensa que não autorizou a emissora a reexibir a produção da Manchete. De acordo com informações do jornal O Globo, a atriz ficou surpresa ao saber que a novela está sendo re-exibida.

Segundo Maitê, seus advogados já foram acionados e "alguma coisa eles vão fazer". A intérprete de Beija também disse que antes do folhetim re-estrear, a emissora tentou fazer um acordo, mas ela não aceitou.

No dia 28 de abril, durante o lançamento da campanha que celebra a implementação da Lei Federal 11.664/2008, que determina a realização gratuita de exame mamográfico para todas as mulheres a partir dos 40 anos na rede do SUS, no qual Maitê é embaixadora, declarou à revista Quem, que contrariada pela exibição da novela que fez sucesso, a atriz desabafou:


Não podem por no ar uma coisa que não está pagando a gente. Fora que não é a obra que foi feita, está toda desgastada. Aquilo ali está guardado nos porões da TV Manchete, sem nenhum cuidado, com milhões de fungos. Ele (Silvio Santos, dono da emissora) está tendo que reeditar, porque o capítulo não está inteiro. Eu tinha um contrato que me protegia na época, com uma série de cláusulas específicas, no caso de eu ser a própria Dona Beija.
Maitê Proença


Questiona se estaria então acompanhando a novela, Maitê foi direta: “Eu não estou nem vendo a novela pra falar a verdade. Mas tem uma causa correndo na justiça”, afirmou a atriz.

No final de abril, segundo o site de TV, Canal 1, a qualquer momento o SBT pode fazer algum tipo de mudança ou até mesmo tirar do ar a novela Dona Beija. O motivo seria o fato da trama, apresentada como Arma Secreta, seguir registrando médias entre 4 e 5 pontos no Ibope.

Vale lembrar que, há dois anos, Giovanna Antonelli venceu na Justiça ação idêntica contra a emissora de Silvio Santos, por conta da exibição da novela Xica da Silva, também da Manchete.

O SBT comprou recentemente os arquivos de imagens e programação pertencentes à massa falida da Rede Manchete. No acervo, constam várias dramaturgias exibidas pelo canal carioca. Após a exibição de Pantanal, entre 2008 a 2009, a emissora de Sílvio Santos sofreu um processo movido pelo escritor Benedito Ruy Barbosa, por uso indevido de direitos de transmissão. A ação permanece em trânsito no Tribunal de Justiça de São Paulo (SP).

Elenco da Dona Beija contra o SBT

Além da Maitê Proença, outros atores da novela já se prepararam processar o SBT: Paulo Gracindo Junior e Arlete Salles formam um grupo de pelo menos 10 atores que irá processar o SBT. Eles se sentem injustiçados desde que a emissora colocou ao ar a novela. Maitê e Gracindo Jr alegam que os contratos originais da Manchete na época, em 1986, não falavam em exibição em outra emissora.

Audiência

A reprise da novela pelo SBT vem registrando baixos índices de audiência, embora apresente um crescimento em relação à Revelação. A novela vem marcando 5 pontos de média desde a sua estréia na primeira semana.

Porém, na semana seguinte, a segunda semana da reprise continua rendeu baixo índice de audiência. No dia 13 de abril, quando foi ao ar o sétimo capítulo, marcou apenas 2,8 pontos de média. A reprise foi derrotada pela RedeTV! (3,2); Bandeirantes (4,8); Record (12,8) e Globo (31,3).

Esses índices são prévios e refletem a preferência apenas um seleto grupo de telespectadores na Grande São Paulo.

Notícias Relacionadas

Fontes

Na Wikipédia há um artigo sobre Dona Beija.