Reino Unido estabelece novo recorde de velocidade da internet

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

22 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Londres estabeleceu um novo recorde de taxa de dados de fibra óptica de 178 terabits por segundo (Tbps), ou 178.000 Gbps. Isso é o suficiente para baixar 200 filmes 4K por segundo. Todos os filmes da Netflix poderiam ser baixados em 20 segundos e todos os vídeos do YouTube (totalizando cerca de 400 mil terabytes) em 37 minutos.

Hoje, a internet mais rápida está no Japão. Os dados podem ser transmitidos a uma velocidade de 10 Gbit/s. As tecnologias britânicas inovadoras aumentaram a frequência máxima de transmissão do sinal para 9 THz. Assim, Londres tinha a velocidade de internet mais rápida do mundo.

O novo recorde foi atingido com equipamentos da University College London (UCL). As novas tecnologias ajudaram a atingir uma velocidade recorde, o que possibilitou uma compressão significativa da quantidade de informações transmitidas pelas redes de fibra óptica existentes. Embora a largura de banda da maioria das infraestruturas modernas seja limitada a 4,5 THz, novos desenvolvimentos tornaram possível aumentar a frequência de transmissão do sinal várias vezes — até 16,8 THz.

Os especialistas observam que os cabos de fibra óptica já são usados ​​em muitos países ao redor do mundo. Portanto, a nova tecnologia pode ser relativamente fácil de integrar à infraestrutura existente. Em teoria, é possível não substituir os cabos, mas apenas atualizar os amplificadores para melhorar a rede atual.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit