Rússia reconhece AUE como uma organização extremista

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

17 de agosto de 2020

A Suprema Corte da Rússia reconheceu a subcultura jovem A.U.E. como uma organização extremista. A decisão pode ser apelada dentro de quatorze dias.

A autoridade fiscalizadora acredita que “a atividade do movimento AUE, baseada na ideologia criminosa extremista, representa uma ameaça real à vida e à saúde dos cidadãos e do Estado. Adolescentes e jovens, cuja psique é mais suscetível à influência destrutiva, estavam ativamente envolvidos nas atividades do movimento”.

A decisão do tribunal significa a proibição das atividades da organização, e o envolvimento com a A.U.E. será punido de acordo com o Código Penal.

Em 2019, sob o Ministério de Assuntos Internos da Rússia, foi criado um grupo operacional para “combater o extremismo na Internet e nas redes sociais”, uma das principais tarefas era a luta contra a A.U.E.

Fontes

Reportagem original
Esta notícia contém reportagem original de um Wikicolaborador.
Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com