Saltar para o conteúdo

Quênia e Haiti assinam acordo de segurança

Fonte: Wikinotícias

1 de março de 2024

Email Facebook X WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O Quênia e o Haiti assinaram na sexta-feira um acordo de segurança para enviar 1.000 agentes da polícia para liderar uma missão de manutenção da paz apoiada pela ONU para abordar a violência de gangues na inquieta nação caribenha.

O Supremo Tribunal do Quênia bloqueou a medida em janeiro, dizendo que era inconstitucional e só poderia avançar se houvesse um “acordo recíproco” entre as duas nações.

Numa cerimônia em Nairobi, na sexta-feira, o presidente queniano, William Ruto, ao lado do primeiro-ministro haitiano, Ariel Henry, disse que os dois governos assinaram um “instrumento recíproco” para permitir o avanço e “discutiram os próximos passos para permitir a aceleração”.

“Acreditamos que este é um dever histórico porque a paz no Haiti é boa para o mundo como um todo”, disse Ruto.

Fontes[editar | editar código-fonte]