Processo criminal foi aberto pela morte de Valentina Legkostupova

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

24 de outubro de 2020

Um processo criminal foi iniciado pela morte da cantora Valentina Legkostupova. O seu advogado sugeriu que Valentina foi espancada antes de morrer, como evidenciado pelos ferimentos em seu corpo.

O viúvo de Valentina, Yuri Firsov, foi transferido para a condição de testemunha. Anteriormente, ele testemunhou que a cantora escorregou no banheiro, caiu e bateu com a cabeça. No entanto, agora há informações, supostamente de conhecidos do viúvo, que Firsov teve relações com outras mulheres, e uma delas também morreu em circunstâncias estranhas. Este caso será verificado pelas agências de aplicação da lei.

Lembramos que Valentina Legkostupova faleceu em 14 de agosto, e antes disso, segundo reportagens da mídia, a cantora e seu marido foram internados em uma clínica de tratamento químico.

Em 7 de agosto, eles foram encontrados bêbados em um apartamento em Moscou. Legkostupova ainda estava viva, mas em estado muito grave, e vários ferimentos e hematomas foram encontrados em seu corpo.

Fontes

Ligação a um site em russo По факту смерти певицы Валентины Легкоступовой возбуждено уголовное делоRewizor, 22 de outubro de 2020

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com