Presidente da Câmara dos EUA recusa convite de Zelenskyy

Fonte: Wikinotícias

9 de março de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, convidou o principal legislador da Câmara dos Estados Unidos a visitar Kiev para ver "o que está acontecendo aqui" em uma entrevista transmitida na quarta-feira pelo canal de notícias CNN.

"Sr. (Kevin) McCarthy, ele tem que vir aqui para ver como trabalhamos, o que está acontecendo aqui, o que a guerra nos causou, quais pessoas estão lutando agora, quem está lutando agora. E depois disso, faça suas suposições", Zelenskyy disse à agência de notícias por meio de um intérprete.

Respondendo à CNN, o presidente da Câmara, McCarthy, disse: "Não preciso ir à Ucrânia ou a Kiev" para entendê-lo. Ele disse que recebeu informações em briefings e outras formas.

Desde que a Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro de 2022, os EUA enviaram quase US$ 100 bilhões em ajuda militar, econômica e de socorro à Ucrânia. Essa ajuda foi enviada quando o Partido Democrata do presidente Joe Biden controlava as duas câmaras do Congresso.

O Partido Republicano assumiu o controle da Câmara dos EUA após as eleições de meio de mandato, e alguns republicanos se opuseram ao envio de armas adicionais à Ucrânia.

McCarthy disse que apoia a Ucrânia, mas que os republicanos da Câmara não darão "um cheque em branco" para assistência adicional dos EUA a Kiev sem um exame mais minucioso de como está sendo gasto.

O presidente da Câmara dos EUA, Kevin McCarthy, e os líderes republicanos se reúnem com repórteres após um briefing a portas fechadas sobre o orçamento que será apresentado pelo presidente.

Fontes