Prêmio Abel 2020 vai para Hillel Fürstenberg e Grigori Margulis

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

18 de março de 2020

Fürstenberg em março de 2020

Hoje, a Academia Norueguesa de Literatura e Ciências anunciou que o Prêmio Abel 2020 será destinado aos matemáticos Hillel Fürstenberg e Grigory Margulis. Os dois recebem o prêmio "por serem pioneiros no uso de métodos de probabilidade e dinâmica na teoria de grupos, teoria dos números e combinatória."

O presidente do Comitê do Prêmio Abel, Hans Munthe-Kaas, disse que os dois demonstraram a eficácia de atravessar fronteiras entre diferentes ramos da matemática e quebraram o muro tradicional entre matemática pura e aplicada. Por causa de seu trabalho, uma grande quantidade de resultados e aplicações foram alcançadas.

Fürstenberg nasceu em Berlim em 1935. Como sua família era judia, eles fugiram para Nova Iorque em 1939. No entanto, seu pai não sobreviveu à fuga. Depois de concluir o bacharelado e o mestrado na Universidade Yeshiva, ele estudou em Princeton, onde obteve seu doutorado em 1958 por sua dissertação sobre "teoria da previsão". Permaneceu na Universidade Hebraica de Jerusalém até sua aposentadoria em 2003. Fürstenberg venceu também o Prêmio Israel e o Prêmio Wolf.

Margulis nasceu em Moscou em 1946. Ele estudou matemática na Universidade Estatal de Moscou, onde obteve seu doutorado em 1970. Em 1978, ele recebeu a medalha Fields aos 32 anos. No entanto, não pôde recebê-la porque as autoridades soviéticas se recusaram a permitir que ele viajasse para Helsinque, na Finlândia. Ele só foi autorizado a viajar para o exterior um ano depois. Nos anos 80, ele frequentou várias instituições acadêmicas na Suíça, França e Estados Unidos. Margulis também ganhou os prêmios Lobachevsky e Wolf.

Por causa da pandemia de COVID-19, o Prêmio Abel deste ano não será concedido na cerimônia em 19 de maio deste ano, conforme o planejado originalmente, mas apenas em uma data posterior.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com