Polônia introduz novas medidas restritivas devido a COVID-19

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

4 de novembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Polônia reforça as restrições para conter a disseminação do coronavírus, disse o primeiro-ministro da República Mateusz Morawiecki.

“Todas as instituições culturais: teatros, cinemas, galerias estarão temporariamente fechadas. Queremos limitar a mobilidade do movimento. Restringir os contatos é a única forma eficaz”, disse o político.

O funcionamento dos centros comerciais será limitado: é permitida a exploração de mercearias, farmácias e pontos de autoatendimento.

Além disso, foi decidido enviar todos os alunos para o ensino à distância. Todas as restrições entrarão em vigor em 7 de novembro e durarão até 29 de novembro, pelo menos.

“Estamos a um passo de uma quarentena nacional, ou seja, um bloqueio completo”, enfatizou Moravetsky. A quarentena em toda a Polônia será introduzida se mais de 70—75 pessoas por 100 mil habitantes estiverem doentes com COVID-19.

“O sistema de saúde está no limite das possibilidades”, admitiu o chefe do Ministério da Saúde da Polônia, Adam Nedzelski, acrescentando que o número de mortes na República está a aumentar.

Fontes

ru В Польше вводят новые ограничительные меры из-за коронавирусаKlops, 4 de novembro de 2020

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com