Polícia paquistanesa prende supostos líderes de ataques em Mumbai

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

8 de dezembro de 2008

Forças de segurança do Paquistão prenderam militantes suspeitos de terem orquestrado os ataques terroristas a Mumbai, no último dia 26 de novembro, segundo várias agências noticiosas locais. Os supostos terroristas seriam pessoas ligadas a uma organização de caridade islâmica ligada ao grupo terrorista Lashkar-e-Taiba, acusada pela Índia de ter promovido os atentados.

Zaki-ur-Rehman Lakhvi, supostamente um dos mentores dos ataques, foi detido no domingo, depois de uma operação em um campo usado pelos homens do Lashkar-e-Taiba, perto de Muzaffarabad. A operação ocorre após imbróglio entre os dois países fronteiriços, em que a Índia acusou o Paquistão de dar guarita aos terroristas.

Os Estados Unidos pressionaram o Paquistão a cumprir sua palavra de cooperar com as investigações a fim de evitar que a crise piore, mas também pediram à Índia que se contenha, sobre eventuais acusações.


Cquote1.png

Acho que não há dúvidas de que o território paquistanês foi usado, provavelmente por atores não-estatais

Cquote2.svg
Condoleezza Rice, secretária de Estado norte-americana, ao programa "Late Edition", da CNN, no último domingo




Fontes