Polícia da Bélgica acusa cinco de envolvimento com grupo terrorista

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

16 de janeiro de 2015

Bélgica

Cinco pessoas foram formalmente acusadas na Bélgica de “participação nas atividades de um grupo terrorista” e três ficaram em prisão preventiva, informou hoje (16) o procurador federal do país, um dia após o desmonte de uma célula que preparava atentados contra a polícia belga.

Uma das três pessoas colocadas em prisão preventiva é o suposto “jihadista” que sobreviveu ao cerco policial de ontem (15) à noite, em Verviers, no Leste do país, precisou Eric van der Sijpt, porta-voz do procurador federal. A identidade dele não foi revelada. Os outros dois acusados foram colocados em “liberdade condicional”.

Segundo Eric Sijpt, uma operação antiterrorismo realizada ontem pela polícia em várias cidades da Bélgica resultou na detenção, em Verviers, de um suspeito e na morte de outros dois supostos “jihadistas’” acusados de planejar ataques no país, uma semana após os atentados de Paris.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati