Peruanos marcham contra a "TV lixo"

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

27 de fevereiro de 2015

A grande marcha contra a TV lixo agora realizada em Lima, Peru. Esta mobilização, o que concretamente exigir o cumprimento do artigo 40 da Lei da Rádio e Televisão no Peru, bem como o respeito à zona de protecção da criança, com a participação de jovens, adultos e famílias.


De forma mais ampla, a mobilização tem como objetivo expressar o mal-estar para o conteúdo atual que são transmitidos em vários pontos da televisão peruana, que são considerados muito baixa qualidade cultural e intelectual por um segmento significativo da população. Até mesmo o presidente do Peru, Ollanta Humala, endossou a marcha indicando que auxiliam o poder como uma maneira de fazer uma chamada de atenção para rever as orientações postas em programas.

O ponto de partida da marcha é o Champ de Mars, no distrito de Jesus Maria, às 5 da tarde, depois de esta marcha vai começar sua turnê em 28 de julho Avenue, em seguida, tomar a Av. Arequipa para a sede TV americana e da TV americana. Após o protesto foi desviado ao longo da Av. Cuba e, finalmente, tomar a Av. Salaverry e Av. San Felipe, atingindo o site do canal de TV America. Além disso, você também irá receber uma declaração de protesto ao Andina de Televisão (ATV), localizado em um ponto externo à principal rota da marcha.

O protesto, organizado por meio de redes sociais, espera-se a presença de dezenas de milhares de peruanos. Enquanto o progresso está focado em reivindicar uma televisão maior qualidade cultural no país, um dos seu objetivo mais especial e significativa é a moderação e adequação do recém populares realidade da juventude programas de TV como This Is War, Combater e Evening Bem-vindo: A Concorrência.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati