Pentágono: China venderá tecnologia para regimes autoritários

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

11 de setembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Nos próximos dez anos, a China pretende assumir uma posição de liderança em tecnologias de inteligência artificial, que permitirão ao país criar veículos e sistemas autônomos baratos para enfrentar os Estados Unidos, disse o secretário de Defesa Mark Esper. O Pentágono também prevê que, em um futuro próximo, a China começará a fornecer tecnologia para países com regime autoritário.

“Com milhões de câmeras estrategicamente posicionadas em todo o país, o Partido Comunista Chinês em breve será capaz de identificar virtualmente qualquer pessoa em locais públicos”, disse o Ministro da Defesa.

“À medida que a China desenvolve essas tecnologias, esperamos totalmente que ela as venda no exterior, permitindo que outros governos autoritários iniciem uma nova era de autoritarismo digital”, acrescentou Esper.

O chefe do departamento de defesa admitiu que os Estados Unidos também estão se desenvolvendo na área, mas, segundo ele, essas tecnologias visam "proteger a Constituição dos Estados Unidos e os direitos dos americanos".

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com