Pan: Brasil conquista duas pratas no boxe

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Agência Brasil

1 de agosto de 2019

O dia de hoje (1º) nos Jogos Pan-americanos o Brasil conquistou duas pratas no boxe e um bronze no ciclismo de pista, além de garantir o país na final de badminton masculino e bons resultados no tênis, surfe e handebol. Confira os principais destaques do Brasil hoje em Lima.

Pratas no boxe

Keno Marley Machado ficou com a prata na categoria meio-pesado (até 81 kg) após perder para o campeão olímpico na Rio 2016 Julio Cezar La Cruz Peraza, de Cuba. A brasileira Jucielen Cequeira Romeu também conquistou a prata, após ser derrotada pela argentina Leonela Rosa No Sanchez no peso galo feminino (54-57 kg). Ambas as lutas ocorreram na noite de hoje. Com as duas pratas desta quinta-feira, o Brasil conquistou, até o momento quatro medalhas na modalidade. Amanhã (2), também haverá duas disputas pelo ouro na modalidade: No peso médio (75), Herbert William Carvalho Conceição enfrenta o cubano campeão olímpico Arlen López Cardona e Beatriz Iasmin Soares Ferreira luta contra a argentina Dayana Erika Lo Sanchez na categoria até 60 quilos.

Bronze no ciclismo de pista

O Brasil conquistou a medalha de bronze ao vencer o México na disputa de terceiro lugar por equipes. A equipe brasileira é composta por Flávio Cipriano, Kacio Fonseca e João Vítor Silva.

Handebol

A seleção masculina venceu a segunda seguida na noite de hoje. Os adversários da vez foram os peruanos, donos da casa. E durante a partida ficou evidente a diferença de nível técnico entre as duas seleções. Enquanto brasileiros trocavam passes rápidos, precisos e executavam bem jogadas de ligação direta entre defesa e ataque, os peruanos tinham dificuldade em furar a defesa brasileira. No final, o Brasil venceu por 40 a 16.

Um dos personagens do jogo foi o goleiro Rivera. Mesmo buscando 40 bolas no fundo da rede, não escondia o sorriso e a empolgação a cada boa defesa que fazia, protagonizando algumas das melhores imagens que o esporte pode oferecer.

Tênis

Carolina Meligeni venceu a argentina Victoria Bosio por 2 sets a 1 e avançou às quartas-de-final do torneio de tênis dos Jogos Pan-americanos de Lima. A partida começou fácil para a brasileira, com vitória por 6 games a 1 em apenas 24 minutos. Mas a partir do segundo set a argentina acordou e endureceu a partida. A vitória de Bosio no segundo set veio após uma hora e 11 minutos, por 7 games a 6, em uma recuperação impressionante.

No set de desempate, Carol retomou o domínio do jogo e venceu por 6 games a 4, em um set que durou 49 minutos.

Stand Up Paddle

Luiz Diniz conseguiu um bom desempenho na repescagem, fez uma pontuação melhor que seus concorrentes da Venezuela e Porto Rico, e segue na disputa por uma medalha.

A brasileira Chloe Calmon também se deu bem nas águas peruanas. No surf longboard, ela derrotou a argentina María Boggan e avançou para a próxima fase.

Badminton

Ygor Coelho de Oliveira garantiu vaga na final individual do badminton. Ele venceu o canadense Jason Ho-Shue de virada, por 2 sets a 1. Ygor é o maior nome do badminton no Brasil, 59º do ranking mundial. Ele foi o primeiro brasileiro a vencer um set em uma Olimpíada, o que aconteceu em 2016, nos jogos do Rio de Janeiro. Sua inspiradora história com o esporte já foi, inclusive, contada pela Agência Brasil. Ele disputa a medalha de ouro amanhã (2), às 16h.

No duelo de irmãos, os brasileiros Franceilton e Fabrício Farias perderam para Phillip e Ryan Chew, dos Estados Unidos. A partida valia vaga para a final e a dupla de irmãos norte-americanos levou a melhor. Os irmãos Farias chegaram a vencer o primeiro set, mas levaram a virada.

A dupla feminina do Brasil, Fabiana Silva e Tamires Santos, também perderam sua partida pela semifinal. A derrota para a dupla canadense Rachel Honderich e Kristen Tsai por 2 sets a 0, parciais de 21 a 5 e 21 a 8.

Vôlei

A seleção masculina entra em quadra ainda hoje para a segunda partida. Após vencer o México ontem, por 3 sets a 1, o Brasil enfrenta o Chile. Uma vitória deixará a classificação do Brasil às semifinais bem encaminhada. O time que disputa o Pan não reúne as principais forças da modalidade e vem com um time jovem, mas também muito talentoso. A seleção brasileira considerada principal está voltada à disputa do pré-olímpico, que ocorrerá em agosto.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati