PT mantém tesoureiro e secretário acusados por Jefferson

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de junho de 2005

Brasil

O Partido dos Trabalhadores (PT) decidiu em reunião neste sábado manter no cargo o tesoureiro, Delúbio Soares, e o secretário-geral do partido, Silvio Pereira, ambos acusados pelo deputado Roberto Jefferson de estarem envolvidos no escândalo do mensalão.

Em nota divulgada em seu website o PT disse que:O Diretório Nacional do PT decidiu hoje (18), por unanimidade, não colocar em votação qualquer proposta relativa ao afastamento de Sílvio Pereira, secretário-geral do partido, e Delúbio Soares, secretário de Finanças e Planejamento.

Alguns integrantes do Partido dos Trabalhadores, entre eles o senador Eduardo Suplicy, havia defendido o afastamento tanto do secretário, quanto do tesoureiro, até o fim das investigações sobre o escândalo.

Ver também

Fontes