Olimpia do Paraguai reconquista o campeonato local depois de 11 anos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pablo Daniel Zeballos, o maior goleador da equipe com 12 gols.
Pictograma representando o futebol
Outras notícias sobre futebol


Classificação final
Equipe Pontos
Olimpia 46
Cerro Porteño 43
Libertad 40
Nacional 36
Tacuary 30
Independiente 30
Sol de América 28
Rubio Ñu 27
Guaraní 24
General Caballero 23
3 de Febrero 18
Sportivo Luqueño 15

19 de dezembro de 2011

Assunção, ParaguaiOlimpia, a equipe mais bem sucedida do futebol paraguaio, acabou ontem com um extenso período de mais de uma década sem obter resultados a nível nacional (o mais prolongado da sua história), com 14 torneios de absoluto por meio para voltar a consagrar-se campeão ao vencer no domingo a Rubio Ñu 2 a 1(PT-BR) ou 2-1(PT-PT), no marco da 22a e última jornada (ou final da competição) no estádio Defensores de Chaco preenchido por fãs dos atletas olímpistas.

Desta maneira, o conjunto franjeado ganhou o torneio Clausura somando 46 pontos, três à mais de seu rival mais próximo e ferrenho adversário, Cerro Porteño.

Sob o comando técnico do uruguaio Gerardo Pelusso e apoiado pelos pilares da equipe como seu capitão Sergio Orteman, Pablo Zeballos, Vladimir Marín, entre outros, o Decano alcançou ao seu 39o título da Primeira Divisão.

Além disso, apelidado de Rey de Copas paraguaio regressa após sete anos da competição que tem seguido os louros do sucesso em três ocasiões, a Copa Libertadores, edição na qual será cabeça no Grupo 2 integrado pelo argentino Lanús, o equadoriano Emelec e o vencedor da chave que segurar na primeira fase, o Real Potosí da Bolívia e o popular Flamengo do Brasil. Além disso, Olympia verá ação novamente o plano internacional durante o segundo semestre do ano que vem para disputar na Copa Sudamericana.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati