Novo governo mauritano após o golpe de Estado

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

1 de setembro de 2008

Nuakchott, Mauritânia — O Presidente do Alto Conselho de Estado, junta militar que governa Mauritânia desde o golpe de 6 de agosto, nomeou na madrugada de 31 de agosto ao dia 1º de setembro um novo governo, vinte cinco dias depois de assumir. O Gabinete será presidido por Yahya Ould Ahmed Waghf, um antigo embaixador da União Européia e está formado por 28 membros, 22 dos quais ministros. O novo gabinete é formado por tecnocratas e a maioria e só incorpora quatro membros do antigo governo: os titulares da Defesa, Justiça, Justiça, Desenvolvimento Económico e Fazenda. Dias antes, a União Africana, que havia suspendido a Mauritânia da organização e negociar com ela uma saida da crise, havia solicitado aos militares que não tomassem novas medidas para não agravar a situação.

O golpe foi repudiado por praticamente toda a comunidade internacional e com a condenação expressa do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati