Conselho de Segurança das Nações Unidas condena golpe na Mauritânia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
UNSC Summit 2005.jpg

Nova Iorque, Estados Unidos • 20 de agosto de 2008

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Conselho de Segurança das Nações Unidas, reunido em sessão ordinária presidida por Jan Grauls, aprovou ontem por unanimidade, uma resolução condenando o golpe de Estado na Mauritânia 6 de agosto que depôs o presidente Sidi Ould Cheikh Abdallahi.

O Conselho, depois de ouvir o representante permanente da Mauritânia na ONU defendeu o golpe como uma ação necessária para evitar nepotismo e preservar a democracia, ainda afirmou que exigiram a libertação de Cheikh Abdallahi, condenando os atos do Alto Conselho de Estado constituído como uma junta militar, em especial as modificações constitucionais em que a Junta declara ser exercício de Presidência da República e pediu à União Africana para realizar todos os esforços foram necessários para reconstituir a situação de legalidade antes do golpe.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit