Conselho de Segurança das Nações Unidas condena golpe na Mauritânia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
UNSC Summit 2005.jpg

20 de agosto de 2008

Nova Iorque, Estados Unidos — O Conselho de Segurança das Nações Unidas, reunido em sessão ordinária presidida por Jan Grauls, aprovou ontem por unanimidade, uma resolução condenando o golpe de Estado na Mauritânia 6 de agosto que depôs o presidente Sidi Ould Cheikh Abdallahi.

O Conselho, depois de ouvir o representante permanente da Mauritânia na ONU defendeu o golpe como uma ação necessária para evitar nepotismo e preservar a democracia, ainda afirmou que exigiram a libertação de Cheikh Abdallahi, condenando os atos do Alto Conselho de Estado constituído como uma junta militar, em especial as modificações constitucionais em que a Junta declara ser exercício de Presidência da República e pediu à União Africana para realizar todos os esforços foram necessários para reconstituir a situação de legalidade antes do golpe.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati