Morre aos 87 anos, empresário e ex-político Pedro Irujo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portal Obituário
Outras notícias sobre obituário

21 de setembro de 2017

Morreu aos 87 anos, na última sexta-feira (15) em Salvador, capital do estado da Bahia, o ex-deputado federal e empresário espanhol naturalizado brasileiro Pedro Irujo Yaniz. Ele estava internado no Hospital da Bahia, na capital baiana, após sofrer dois infartos, desde o dia 7 de setembro, embora enfrentasse problemas pulmonares há anos. A informação da morte de Pedro Irujo foi divulgada pela nora dele, Rita Irujo, através da rede social Facebook.

Faleceu hoje, dia 15 de setembro de 2017 Pedro Irujo Yaniz homem forte, com uma personalidade marcante natural de Pamplona, Navarra, região norte da Espanha. Nascido em 29 de junho de 1930, Brasileiro naturalizado e Baiano por adoção excelente pai de família, casado com Irene Rodrigues Irujo (falecida) que teve dois filhos, Luiz Pedro Rodrigues Irujo e Heliete Rodrigues Irujo e três netos Pedro Mercês Irujo, Brujo Irujo Sampaio, Victor Irujo Sampaio. Como líder empresarial em diversas áreas: transportes especializados, hotelaria, construção civil, industrias, emissora de televisão e de rádios, foi também Deputado Federal em 1991 até 2006 não querendo mais à reeleição para Deputado, e saiu da vida parlamentar pela porta da frente.

Rita Irujo, 15 de setembro

O sepultamento foi marcado para a tarde da sexta-feira, no cemitério Jardim da Saudade, às 16h30min e enterrado no fim de tarde.

Biografia

Pedro Irujo nasceu na região de Navarra (no País Basco), nordeste da Espanha em 29 de junho de 1930. Irujo deixou a Espanha para o Brasil em 1956, chegando na cidade de São Paulo e depois mudou-se para Salvador em 1963, gerenciando a Breda Transportes. A seguir criou a Nordeste Transportes, tornando se um dos maiores empresários do Norte-Nordeste na década de 70.

Em 1982, Irujo compra a TV Itapoan (na época, afiliada ao SBT) e as rádios Sociedade AM e a Itapoan FM, iniciando a formação do Sistema Nordeste de Comunicação.

Em 1990, candidatou-se a deputado federal pelo Partido da Reconstrução Nacional (PRN) na Bahia, sendo eleito e empossado em 1991. Em 1992, votou contra o impeachment de Fernando Collor, do mesmo partido. No entanto, em 1994, deixou PRN e se filiou ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), sendo eleito e empossado em 1995.

Em 1995, em meio às dificuldades no Sistema Nordeste de Comunicação, alidada à concorrência desleal da TV Bahia (afiliada à Rede Globo e pertence à Família Magalhães) contra as concorrentes (como aconteceu com a TV Aratu) decidiu vender a TV Cabrália (outra afiliada ao SBT) para o empresário e bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo, que passou ser afiliada à Rede Record, a primeira na Bahia.

Em 1996, a continuidade das dificuldades no Sistema Nordeste de Comunicação, fez com que Irujo decidir vender dois veículos de comunicação da capital em 1997: a TV Itapoan e a Rádio Sociedade AM para Edir Macedo, que posteriormente transforma a Itapoan em nova afiliada e emissora própria da Record, enquanto a TV Aratu passou ser afiliada do SBT (antes fora afiliada da Manchete e da CNT).

Em 1998, candidatou-se à reeleição de deputado federal pelo PMDB, sendo reeleito e empossado em 1999. No entanto, em 2001, deixou PMDB e se filiou ao Partido da Frente Liberal (PFL), sendo novamente reeleito em 2002 e empossado em 2003, mas meses depois deixa PFL e se filia ao Partido Liberal (PL).

Em 2005, em meio às acusações do PL ser envolvido no Escândalo do Mensalão, Pedro Irujo deixou o partido e voltou ao PMDB e em 2006, não se candidatou à reeleição e terminou seu mandado em 2007, quando assumiu a presidência do Sistema Nordeste de Comunicação. Em 2014, pela coligação liderada pelo ex-governador Paulo Souto, pediu aos antigos eleitores votassem no seu filho Luiz Pedro Irujo, que elegeu-se deputado estadual.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati