Mensalão é o assunto dos principais jornais e revistas do Brasil

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de junho de 2005

Brasil — O escândalo do mensalão é o assunto dos principais jornais e revistas brasileiros neste sábado e domingo.

O suposto escândalo do mensalão foi denunciado pelo deputado Roberto Jefferson (PTB), da base aliada do governo brasileiro, numa entrevista para o jornal Folha de São Paulo, no dia 6 de junho. Segundo Jefferson, o partido do governo, o Partido dos Trabalhadores (PT), estaria envolvido num suposto esquema de compra de apoio de deputados federais brasileiros.

Jefferson é acusado de envolvimento num suposto esquema de corrupção na Empresa Brasileira dos Correios e Telégrafos. Ele teve que depor perante a Comissão de Ética da da Câmara dos Deputados, na última terça-feira, a qual deve julgar se o deputado merece ser punido por falta de decoro parlamentar.

Durante o seu depoimento para a Comissão de Ética, o deputado fez várias denúncias de irregularidades cometidas por alguns políticos, entre eles o presidente do Partido dos Trabalhadores, o tesoureiro, o ex-Ministro da Casa Civil José Dirceu, alguns empresários e alguns presidentes de partidos políticos. Ele também admitiu que recebeu de forma irregular R$ 4 milhões do PT como doação para seu partido, o PTB.

Ainda que tenha dito que não possuía provas, o depoimento de Roberto Jefferson foi bastante detalhista e convincente, o suficiente para motivar uma investigação. A imprensa brasileira está a produzir muitas matérias a respeito do escândalo do mensalão, na trilha das supostas pistas indicadas por Jefferson.

A revista Isto É destaca na capa a reação do Ministro da Casa Civil, José Dirceu, após a sua saída do governo. Ela fala também em uma de suas matérias principais: "O homem-sombra", sobre o empresário Marcos Valério, apontado por Roberto Jefferson como um dos operadores do mensalão.

A reportagem de capa da revista Época tem um título parecido com uma das matérias em destaque da Isto É: "Uma sombra incômoda". A matéria fala sobre o deputado José Janene do Partido Progressista (PP), acusado por Jefferson de participar do mensalão.

A revista Veja, na capa pergunta: "Tem conserto?", numa alusão ao governo do Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e sobre as possibilidades de ele conseguir superar a atual crise política. Assim como a Isto É, a revista também fala sobre o empresário Marcos Valério na matéria: "O pagador do mensalão".

O jornal Folha de São Paulo na edição de sábado fala sobre a provável substituta de José Dirceu, a Ministra Dilma Soares, na manchete principal: "Lula convida Dilma para a Casa Civil" entre outras matérias relacionadas ao escândalo do mensalão. Uma dessas matérias fala sobre o empresário Marcos Valério e diz que duas de suas empresas estariam sendo investigadas pela polícia sob a suspeita de compra de notas fiscais frias.

O jornal O Estado de São Paulo de sábado também destaca o escândalo do mensalão. Ele traz na manchete principal a notícia sobre a queda de popularidade do presidente brasileiro. Entre as notícias principais fala sobre as acusações feitas pelo deputado Roberto Jefferson contra José Dirceu, a reação de Dirceu e as denúncias de um suposto mensalão na cidade de São Paulo durante o governo da prefeita Marta Suplicy (PT).

O Jornal do Brasil traz na manchete principal: "Mensalão é idéia de Dirceu", onde fala sobre as acusações do deputado Roberto Jefferson contra José Dirceu.

O jornal O Globo também traz notícias relacionadas ao mensalão: "Jefferson ficou com a chave do cofre do PTB com R$ 4 milhões", "PT decide manter Delúbio no cargo ", "Dirceu defende aliança com MST" e "Decepção com Lula até no exterior".

Ver também

Páginas externas

Fontes