México: Estação de TV France 24 revela desaparecimento de outros 31 estudantes em Cocula, Guerrero

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

26 de novembro de 2014

TV francês France 24 revelou que dois meses antes do evento Ayotzinapa, 31 jovens no município de Cocula, no estado de Guerrero, foram desapareceu por crime. De acordo com o depoimento da mãe de um jovem no grupo, os 31 jovens foram sequestrados em 17 de julho.

No vídeo divulgado quarta-feira pela televisão, você garante que o seqüestro ocorreu em plena luz do dia em uma escola localizada no lado do prédio do presidente municipal da Cocula. Alega-se que um grupo de armados e mascarados a bordo dos carros de polícia municipais homens levaram os alunos.

O caso ficou em silêncio por medo da população. Os testemunhos recolhidos pela France 24 disse que o jovem secundário Justo Sierra foram privados de sua liberdade no último dia de aula antes das férias de verão por homens que aparentemente estavam viajando em veículos oficiais.

Rosa, mãe de um dos alunos sequestrados testemunhou o fato de Laurence Cuvillier, correspondente televisão, encorajados pela cobertura dada ao desaparecimento de 43 alunos em Iguala de la Independencia, vizinho município de Cocula. Animal político informou que as autoridades procuraram o Procurador Geral de Guerrero para confirmar revelado pela França 24. No entanto, as autoridades disseram que não receberam reclamações sobre esses desaparecimentos.

Os 17 jul pistoleiros chegaram e minha filha e outros tomaram quando ele deixou a escola [...] As pessoas que estavam lá não se mexeu porque ele estava com medo de que os pistoleiros tinham ameaçado.

Rosa, mãe de uma das jovens desaparecidas

Por outros testemunhos fora da câmera, a rede confirmou o seqüestro. De acordo com investigações do Gabinete do Procurador-Geral, a polícia Cocula e Iguala sequestrado 43 alunos da Escola Normal de Ayoztinapa Rural e entregou o grupo criminoso Guerreiro Unidos, que supostamente assassinado e queimado.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati