Leguminosas são essenciais para a segurança alimentar, dietas saudáveis ​​e sistemas agroalimentares sustentáveis, alerta FAO

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

16 de fevereiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Durante um evento virtual da FAO para marcar o Dia Mundial das Leguminosas, no dia 10 passado, o Diretor-Geral da Organização, QU Dongyu, falou sobre o importante papel das leguminosas para alcançar a segurança alimentar, dietas saudáveis ​​e sistemas agroalimentares sustentáveis.

Dongyu enfatizou que as leguminosas requerem menos água do que outras fontes de proteína, como as de origem animal, e podem ser plantadas em pequenos lotes de terra; são uma fonte acessível de alimentos seguros e nutritivos, ricos em proteínas, fibras, vitaminas e micronutrientes; e ajudam a fixar o nitrogênio atmosférico, liberar matéria orgânica de alta qualidade no solo e facilitar a circulação dos nutrientes no solo e a retenção de água. “Menos fertilizantes, menor uso de água e menor uso de energia significam menos emissões de gases de efeito estufa”, disse.

Ele também falou que durante a pandemia, as leguminosas, por terem uma vida útil mais longa, garantiram alimentação a pessoas que não tinham acesso a alimentos frescos e que a FAO está comprometida em aumentar a produção e o consumo em todo mundo.

Paraná comemora a data e a produção de feijão

O Paraná é principal produtor de feijão do Brasil, contribuindo para que o país ocupe a terceira posição mundial, com a produção de cerca de 3 milhões de toneladas ao ano.

Especificamente, o Paraná produziu, na safra 2019/20, 587,1 mil toneladas de feijão do tipo preto, cores e caupi (feijão-de-corda).

Consumo de leguminosas no mundo

Maiores consumidores

Segundo a FAO no relatório The Global of Economy Pulses, divulgado em 2019, as regiões onde a leguminosas são mais consumidas são a América Latina e Caribe, o Sudeste da Ásia e a África Subsariana, que respondem, respectivamente, por 34 e 33 gramas de consumo diário por pessoa.

As leguminosas ou pulses

As leguminosas, também chamadas pulses, como o feijão, a lentilha, o grão de bico e a ervilha são as sementes comestíveis das plantas leguminosas. Os pulses são excelentes fontes de proteína, fibra, cálcio, fósforo, ferro e vitaminas A e do complexo B. Também são muito versáteis na cozinha e podem ser consumidas verdes, secas, reidratadas, torradas ou cozidas, seja em saladas, aperitivos, pastas ou, ainda, no preparo de pães, massas e sobremesas, por meio de sua farinha.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit