Kim Jong Il morre e é substituido pelo filho Kim Jong-Un

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de dezembro de 2011

Coreia do Norte — O mundo foi surpreendido hoje com o anuncio do falecimento de Kim Jong-il, o líder da Coreia do Norte nos últimos 17 anos. Na televisão estatal Norte Coreana, uma apresentadora vestida de preto e a verter lágrimas deu a notícia aos coreanos e ao mundo.

Kim Jong-Il teria supostamente 69 anos, e liderava o país com mãos de ferro à 17 anos, com uso a um estado de inspiração Estalinista, com o culto do líder, que no caso de Jong-Il era apelado de "Querido líder". Ao longo de quase duas décadas, o seu regime não tolerou qualquer acto de indisciplina ou oposição ao regime, razão pela qual foi apelidado internacionalmente como o chefe de estado mais totalitário e irredutível do mundo.

A partir de 2008, onde sofreu uma apoplexia, as suas aparições públicas tornaram-se cada vez mais raras.

As cerimónias fúnebres estão marcadas para o dia 28 de Dezembro, e o seu filho mais novo Kim Jong-un estará à frente da organização das exéquias,e posteriormente irá suceder ao pai na liderança do país.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati