Kaliningrado propôs adiar o início do ano letivo por um mês

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

25 de agosto de 2020

A Duma de Kaliningrado propôs adiar o início do ano letivo para 1 de outubro, de forma a não provocar novo aumento na incidência de COVID-19. As informações foram publicadas pela RIA Novosti na terça-feira, 25 de agosto.

O autor da iniciativa, deputado Vasily Vlasov, enviou uma carta ao chefe do Ministério da Educação, Sergei Kravtsov, na qual fundamenta sua proposta. O parlamentar lembrou que cerca de 5 mil novos casos de coronavírus são detectados na Rússia todos os dias. Um mês a mais de férias para os escolares, em sua opinião, vai permitir “adiar um aumento acentuado do número de contatos sociais e prevenir um novo surto da doença”.

“As crianças e seus pais terão mais tempo para passar nos exames médicos necessários antes do início do ano letivo, o que também permitirá não criar uma carga grande na infraestrutura médica”, disse o deputado.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com