Jogador Robinho tem condenação por estupro confirmada na Itália

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

10 de dezembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Corte de Apelação de Milão, Itália, confirmou hoje a condenação do jogador de futebol Robinho e seu amigo Ricardo Falco por violência sexual. Eles já haviam sido condenados em 2017, mas recorriam da sentença em liberdade, enquanto estão morando no Brasil.

Apesar da nova condenação, Robinho pode recorrer novamente, desta vez à Corte de Cassação, terceira e última instância do sistema judiciário italiano.

O caso

O crime aconteceu em 2013, quando uma mulher de origem albanesa denunciou ter sido vítima de estupro coletivo por parte de um grupo de homens, incluindo o jogador. Meses trás, o Globo Esporte obteve uma transcrição do processo onde Robinho diz que "a mulher estava completamente bêbada", apesar de, durante o processo judicial, sempre ter dito que a relação havia sido consensual.

As falas de Robinho estão transcritas no processo e foram obtidas após a polícia italiana grampear seu telefone, e, segundo o Globo Esportes, as "interceptações telefônicas" foram decisivas para a primeira condenação.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit