Irlanda ganha o torneio de rugby Seis Nações 2009

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vista del Millennium Stadium, donde como visitante Irlanda gana el Torneo.
Pictograma representando o rugby
Outras notícias sobre rugby


21 de março de 2009

Europa — Hoje encerrou o quinto e último dia do Torneio das Seis Nações 2009, uma edição do tradicional torneio disputado pelas seleções das uniões de rugby de Escócia, França, Gales, Irlanda, Inglaterra e Itália. O dia começou com um show tries por parte da França contra a fraca Itália, que venceu o troféu Colher de madeira. Logo foi a vez da Inglaterra, que ganhou a Escócia. Por último jogaram pela definição do Torneio, onde Irlanda ganhou o País de Gales em uma partida vibrante.

Assim, a seleção da Irlanda é também o campeão, vencendo o Grand Slam que não ganhava desde 1949 e da Triple Corona.

França tenta tries contra Itália

No Stadio Flaminio, em Roma, a Itália sofreu uma dura derrota diante a França, perdendo 8 a 50. E a França realizou um show de tries: Chabal (a 25' com conversão), Trinh-Duc (aos 29'), dois de Medard (31' de conversão e aos 70'), Heymans (42' de conversão), Nallet (aos 55') e Malzieu (aos 76'). As conversões conseguidas foram de Morgan Parra, que também marcou três varas penais aos 7', 15' e 48'.

Itália alcançou pouco, um try do argentino Sergio Parisse aos 57' e um penal de 23' de Andrea Marcato. Assim Itália ganhou o troféu de colher de madeira, que é dada para a equipe não consegue vitórias no Torneio. França, por outro lado, ganhou mais uma vez o Troféu Giuseppe Garibaldi.

Inglaterra ganha Escócia

No estádio de Twickenham de Londres, a Inglaterra ganhou a Escócia por 26 a 12, obtendo assim a Copa Calcutá. Inglaterra marcou três tries, um de Monye aos 22', um de Flutey aos 28' com conversão de Toby Flood e outro de Tait aos 77'. Além disso, Danny Care marcou um drop aos 72' para os ingleses. Escócia não pôde chegar ao try, marcou quatro penais, três de Paterson aos 9', 44' e 66', e um de Godman aos 51'.

Irlanda ganha o Torneio, o Grand Slam e a Triple Corona

Como visitante, no Millennium Stadium em Cardiff, Irlanda derrotou Gales de 15 a 17 em uma partida vibrante. Quando Gales ganhava por uma diferença de 13 pontos ou mais ganhava o torneio, a Irlanda perdeu por poucos pontos ganhava o Torneio, mas não confirmou, lutou até ao último momento ganhando assim a Triple Corona (Troféu entregue à equipe que ganhou Escócia, Inglaterra e País de Gales) e do Grand Slam que não obtida desde 1949.

O primeiro tempo do jogo foi com poucos pontos para País de Gales e nenhum para a Irlanda, a partida era bloqueada e Gales foi entrando com dois penais convertidos, Stephen Jones aos 33' e 39'.

No segundo tempo, o País de Gales necessitava aumentar a diferença para poder ganhar o Torneio, mas Irlanda foi muito agressiva com dois tries convertidos, Brian O'Driscoll aos 44' e Tommy Bowe aos 46'. As conversões foram feitas por Ronan O'Gara. Assim a Irlanda passou a ganhar por 6 a 14. Logo Gales consegue passar no resultado, pontuando duas penais de Jones em 51' e aos 56', e um drop aos 76'. Assim Gales conseguia ao menos ganahr a Irlanda por 15 a 14. Mas Irlanda não se conforma e uma jogada cercada ao não gol de galês, O'Gara reamta um drop, passando a ganhar a partida por 15 a 17.

Fontes